domingo, fevereiro 13, 2005



Tu Disseste

- Mão Morta -

...

Tu disseste "agora procuro o desígnio da vida. às vezes penso encontrá-lo num bater de asas, num murmúrio trazido pelo vento, no piscar de um néon. escrevo páginas e páginas a tentar formalizá-lo. depois queimo tudo e prossigo a minha busca"

Eu disse "eu não faço nada. fico horas a olhar para uma mancha na parede"

Tu disseste "e nunca sentiste a mancha a alastrar, as suas formas num palpitar quase imperceptível?"

Eu disse "não. a mancha continua no mesmo sítio, eu continuo a olhar para ela e não se passa nada"

Tu disseste "e no entanto a mancha alastra e toma conta de ti. liberta-te do corpo. tu é que não vês"

Eu disse "o que é que isso interessa?"
Tu disseste "...nada"

...

2 comentários:

  1. Gostam de chafurdar na lama???? Se é bom chafurdar na lama porquê que não chafurdam????

    PEÕES!!!!

    ResponderEliminar
  2. até cair

    Seduzido pelo rodopio
    Embriagado de vertigem
    Os néons ferindo como gritos
    Deixo-me possuir pelo frémito da multidão
    Num desejo de girar sem parar
    Até cair...
    Até cair...
    Tudo são sombras difusas
    Incertezas, especulações sem sentido...
    (Uma mulher disforme e cara esborratada,
    Insiste para que lhe apalpe os seios flácidos)
    Quero mais é o rodopio
    A lascívia sem fim deste carrocel atroz

    Adolfo Luxúria Canibal

    ResponderEliminar