sexta-feira, junho 18, 2010


Pegando nas palavras de Camões, o Zé está no grupo restrito d'
"aqueles, que por obras valerosas Se vão da lei da morte libertanto"

o que mais admiro nos livros dele é a capacidade de nos fazer pensar. o próximo a ler será talvez as intermitências

10 comentários:

  1. Grande Saramago. Foi na hora dele. RIP.

    ResponderEliminar
  2. Grande.
    As intermitências é muito bom, no seguimento dos ESC e ESL

    ResponderEliminar
  3. A inevitabilidade da morte é castigo demasiado para alguns. Especialmente para os que partem sem nenhuma esperança nos que cá ficam. Sinto-me fragilizado com uma perda de "um dos nossos". A esperança ainda a tenho.

    ResponderEliminar
  4. Foda-se...
    porque trouzeram o homem para cá? Ele quis sair de Portugal por alguma razão, nem depois de morto o deixam em paz??? Filhos da puta.
    Joel, esperança não tenho nenhuma nos que cá estão...

    ResponderEliminar
  5. RIP Saramago...
    Tb adorei as intermitências...
    Agora é que o autografo é uma grande recordação..;)

    ResponderEliminar
  6. Ele foi muito bom no combate ao sistema . Posso não concordar com algumas coisas que ele disse mas com certeza concordo com a maneira como as disse. Alguém um dia disse "Feliz a nação cujo povo não se esqueceu de como se revoltar".Ele era o símbolo disto.

    ResponderEliminar
  7. uma coisa é certa. o país e o mundo conseguiram reconhecer-lhe o mérito atempademente.

    basta ver o que se escreve por esse mundo fora:
    http://papercuts.blogs.nytimes.com/2010/06/18/jose-saramago-r-i-p/

    a mesma sorte não teve p.e. Fernado Pessoa (claramente merecedor de 2 prémios nobel).

    ResponderEliminar
  8. Fds João, não és de Fafe?

    ResponderEliminar
  9. nascido e criado e com muito orgulho.

    se estiver a falar com um gajo de Fafe sou da rua da noruega. se falo com malta do norte sou de Fafe (às vezes é preciso acrescentar que é perto de guimarães). se falar com gente do sul provavelmente direi que sou de Fafe (distrito de Braga). Quando falo com pessoal de outros países enfim sou do Porto (e no fundo sou um bocadinho) porque facilita.

    ResponderEliminar
  10. RIP, um grande pensador/escritor.
    Restecpa!!!

    ResponderEliminar